27.3.14

ela o amava.
ela não deixava ele encontrar os amigos.
ela colocou a foto dos dois no perfil do face.
ela vivia a vida dele.
ela deixou de existir.
ela.
el.
e.
.

(Cleyton Cabral)

Um comentário:

Crispi. disse...

Como transformar em poesia a tragédia cotidiana (: