18.3.14

Começou a organizar os livros na estante: os mortos, os vivos, os mortos-vivos. Alejandra Pizarnik e Ana Cristina Cesar numa prateleira só para elas. Hilda Hilst como se estivesse num anúncio de empreendimento de frente pro mar, visão privilegiada para quem entrasse: um quarto (1 suíte). Perto de tudo. Caio Fernando Abreu ganhou nova vizinha parede com parede: Clarice Lispector. Se é verdade que as paredes têm ouvidos, um vai ouvir os murmúrios do outro nos dias frios, principalmente aos domingos. Lygia Fangundes Telles no andar de cima, passeia sorrateiramente pelos corredores, entre extintores e avencas. Nelson Rodrigues divide uma quitinete com Marcelino Freire. No térreo, uma bodega. Na varanda da frente: Machado de Assis, João Antônio, Ingo Schulze. Alan Pauls vive por ali. Mario Bellatin alegra o jardim. Inquilinos fiéis: Fernando Pessoa, Cortázar, Kafka, Tchekhov, Guy de Maupassant. Luis Fernando Veríssimo dá o ar da sua graça e não para quieto. Foi dormir entre aspas. 

(Cleyton Cabral)

Um comentário:

anacris disse...

Adorei a estante de livros apto...