20.6.11

Por que escrevo?

A minha mão é a extensão das artérias do coração para alcançar o outro. Palavras-bomba. Escrever é uma necessidade. Básica, como saciar a sede. Escrevo para começar um diálogo. Meu com o mundo. Para não gastar dinheiro com terapia. Escrevo para ser lido. Para ser sentido. Parecer sentido. Para você se sentir incomodado, para você sorrir, para você encher os olhos de lágrimas, para você ficar sem palavras, para você me amar para sempre. Talvez me odiar. Escrevo para afastar os demônios, para tocar o dedo de Deus. Escrevo para você.