18.8.10

microconto devotee II

Seus braços chegavam até depois dos cotovelos. Já seus abraços, percorriam o infinito pleno do meu ser. Eu gosto dos seus abraços. Gosto da suave música do teu corpo no meu. Dentro. Aqui dentro do meu coração. Nem parece que você é diferente. Você é tão igual. Você é tão minha. Você é tão. Você.
___
*Devotee é uma categoria de pessoas que têm fetiche pela deficiência. O que lhes atrai é a deformidade, é a especificidade de cada deficiência.
Esse é o segundo microconto que escrevo para alimentar a pesquisa "O Corpo Pertubador", do bailarino Edu O.

3 comentários:

Marcelo R. Rezende disse...

Achei tão diferente, ainda mais depois que tu explicou o que é devotee.
Gosto.

Edu O. disse...

E eu adoro esses alimentos. Obrigado, delicia!!!! Posso levar lá pro Corpo? bjs

Paulo Braccini disse...

perfeito principalmente depois das explicações ...

parabéns ...

bjux

;-)