12.7.10

eu gosto das coisas mais simples

Gosto quando você dirige com uma mão no volante e a outra do lado de fora estendida, como se quisesse pegar o ar.

12 comentários:

São disse...

Também gosto, mas cuidado ...pois ter a mão de fora é perigoso, sabe?

Boa semana.

filomena disse...

:)

Katrina disse...

Dificil se ela estivesse fumando

Bruna monteiro disse...

isso é amor.

Edu O. disse...

quase um hai kai

Luis Fabiano disse...

Eu acho lindo também, mas é melhor deixar as duas mãos firmes no volante, para a poesia não evoluir para uma tragédia rs.

Clarice disse...

Aceitei o convite e não me arrependo. Mais uma vez seguir a intuição deu certo. Gostei demais de teu blog, viu?
Dirigir com a mão pra fora só se quiser provocar acidente ou perder o braço, ou o relógio... Faça isso no banco do carona, viu?
Que mania essa minha de tirar o romantismo e fazer virar perigo!
Abraços gelados do sullll.

ZECA COELHO disse...

Bom, ainda bem que meu carro é automático...
Bom, mesmo amando o ventinho que faz lá fora, tenho medo dos postes, cercas, etc...
Bom, com você ao meu lado, dirijo, então, só com a mão esquerda e deixo a direita na sua perna....
Bom, né???

marcelo dalla disse...

Que maravilha está seu espaço, meu querido!!! Vou linkar no meu!!!
E vc será muito bem vindo aqui, quando estiver em São Paulo!
Grande abraço

Sentilavras disse...

Eu adoro qdo ele dirige com a mão esquerda, enquanto a direita pega na minha perna.

Katianne Lima disse...

Uma maneira de relaxar... Mas não inconseguentemente claro! Amo sua sensibilidade!

Marta Dias disse...

As mais belas poesias estão nas coisas mais simples,nesse vento que se fala, que se toca... muito lindo!