26.1.10

garimpo

Vou
cavando
cavando
cavando até
encontrar você
sem armaduras e cordão
de isolamento, fazendo buracos
em tua alma, procurando pepitas,
trepidando com minhas mãos, vacilantes.

3 comentários:

Lai Paiva disse...

Quem dera ir-me assim também... Muito bom querido. Bjs

Mikaele Tavares disse...

Até encontrar a pessoa sem armas e mascaras...

Beijos

i ILÓGICO disse...

trepiiiiiiidaaaaaaaaa!
abrações filhote!!!!