26.10.09

caixa de entrada.

Hoje logo cedo abri minha caixa de e-mails. Ela dizia nas primeiras linhas: “Saudades de nossos chás, dos cigarros e das nossas confidências. Eu abrindo o portão pra você entrar, gigante. Quantos sorrisos soltos entre latidos e cantos de cigarras. Aqui é uma festa só, fumo uns escondidos e vez ou outra tomo uma pinga, né? Gigante, passeia com meus cães. Beijinhos”. Hilda Hilst.
Ganhei o dia.