11.3.09

3 X quarto

Quero paralisar você com um click. É apertar o botão e você ficar paradinha, olhando pra mim, a cabeça caindo para o lado, seus cabelos bagunçados, seu sexo me desafiando. Você está com o mesmo perfume que te conheci, a pele bronzeada, os dois pés bem firmes no chão. Não, não dê as costas, quero você de frente, aberta, unhas com restos de café com rebu, os ombros caídos, pernas relaxadas. Vai, me chama com teu sexo, sem nexo. Embriaga-me com teu olhar provocante, teu teor alcoólico, teu beijo com vodca. Vem, seja quem manda que eu obedeço. Lambe meu dorso, deixa-me ereto, amarra-me com teus lençóis, deixa uma dor pulsante no meu pênis. Pronto, pode ir. Eu deixo você ir. Leva minha "glande" dor pulsante contigo. Até amanhã.

*esse texto faz parte da série Eu te paraliso com um click. Esse da foto sou eu clicado por Lula.