16.9.08

dos maremotos.

Caminho sem sandálias. Às vezes dói pisar nas pedras. Mas muitas vezes me sinto confortado ao pisar na areia da praia. Meus pés se adaptam à densidade dos blocos de areia e a água passeia por entre os dedos trazendo sal e levando um pouco de mim pro fundo do mar.
Lá, os peixes brincam de roda com as conchas, as algas bailam a música feita pelas estrelas-do-mar.
E continuo seguindo, com areia e sal, pulando ondas e desviando dos ouriços.

9.9.08

Publicidade.

Currículo Vitae na minha profissão é pasta. Pasta pode ser creme dental, lugar pra guardar documentos ou um creme gostoso. Em publicidade pasta é onde você mostra suas idéias. Idéia no Aurélio é representação mental de coisa concreta ou abstrata, imaginação. Na pasta, os publicitários põem seus trabalhos que saíram na mídia e fantasmas. Calma, não é um monte de Gasparzinhos pulando na nossa pasta, fantasma é a denominação de peças criadas apenas para mostrar nossas idéias sem nunca terem saído na mídia. Mídia é a designação genérica dos meios, veículos e canais de comunicação. Comunicação é o ato de comunicar-se, interagir, dialogar, é trocar idéias. Publicitário trabalha com idéias, estratégias e ações para atingir o público-alvo. Público-alvo é o conjunto de pessoas ao qual se destina uma mensagem publicitária. Publicitário pode trabalhar nos departamentos de comunicação e marketing das empresas e em agências. Agência de publicidade atende contas e se divide nas seguintes áreas: atendimento, produção, mídia, direção de arte e redação. Contas são as empresas, os clientes. Quem faz a ponte com o cliente é o atendimento, que faz um Briefing para resolver os problemas de comunicação desses cleintes. Briefing não é um pedaço de carne. Briefing é um documento com as informações necessárias para criar os anúncios. O atendimento entrega o Briefing ao pessoal da criação. Criação é o departamento da agência onde se encontra geralmente um diretor de criação, um diretor de arte e um redator, que vão esmiuçar o Briefing para poder criar as peças. O diretor de arte é responsável pela composição da imagem, fotografia, cores e suas disposições num cartaz, anúncio de jornal etc. O redator lida com as palavras, tudo que for texto. Aquele título, aquela historinha ou aquela frase dita por uma mulher no rádio.
O desejo do pessoal da criação é que não chegue na sala um Briefing mal-passado. Depois da campanha ou peça serem aprovadas pelo cliente, o pessoal da produção orça com os fornecedores o tipo de papel, a impressão, essas coisas. E o mídia, pessoa responsável em fazer o contato com os veículos de comunicação, reserva a página do jornal, revista, outdoor ou intervalo comercial na tv, entre outras possibilidades.
Publicidade parece uma profissão de glamour. Pode até ser: a galera é animada, tem festa sempre, tortas, pizzas, cafezinhos a toda hora, happy hour depois do expediente e pode trabalhar de Allstar.
Mas é um trabalho que precisa de muita concentração e trabalho duro.